Connect with us

Empreendedorismo

Dropshipping: o que é e como fazer

Dropshipping: o que é e como fazer

Aprenda o passo-a-passo de como fazer dropshipping

Nesse texto vamos te ensinar tudo sobre como fazer dropshipping, o que é, as vantagens e desvantagens.

Dropshipping é uma técnica de comércio que usa o estoque de terceiros para realizar suas vendas. Dessa forma, a empresa não precisa investir em estoque ou realizar a entrega dos produtos ao cliente, apenas realiza as vendas. Quem vendeu recebe o lucro, descontando a parte da empresa que detém o estoque e realiza a entrega.

O termo dropshipping vem das palavras em inglês drop, que significa “largar” e shipping, que é “frete/entrega”. O dropshipping consiste em, basicamente, vender com o estoque e entrega de outra empresa.

Grandes marcas trabalham dessa forma, como a Amazon, eBay, Mercado Livre, Ali Express e outros.

Os benefícios do dropshipping são:

  • O empreendedor não precisa investir tanto dinheiro comprando produtos para o seu estoque ao criar um comércio;
  • O empreendedor não precisa realizar a entrega dos produtos para os clientes, pois a empresa terceirizada faz isso;
  • É uma possibilidade para o empreendedor comercializar maior variação de produtos, pois como são terceirizados não é preciso tê-los em mãos;
  • É mais fácil fazer um negócio crescer trabalhando dessa forma, pois a praticidade traz lucro sem precisar “dobrar” ou “triplicar” os investimentos. Basta vender, crescer e receber o lucro;
  • Facilita o controle de produtos que tem prazo de validade, já que não estão armazenados e parados em seu estoque.

As desvantagens são:

  • Margens de lucro menores – como há muita competição, lojas baixam os preços para se destacar. Sendo assim, gera uma “guerra de preços” no mercado, obrigando o lojista a baixar o valor das mercadorias para realizar mais vendas. Os impostos e descontos também reduzem a margem de lucro.
  • Concorrência e competição – no mercado, há muitas pessoas fazendo dropshipping e trabalhando nos mesmos ramos. É preciso estratégias de vendas diferentes para se destacar;
  • Problemas com fornecedores – existem fornecedores ruins e desorganizados que podem arruinar a imagem de seu negócio. Podem acontecer erros na hora de embalar os pedidos, atrasos, demoras nas respostas, confusões de endereço, etc. São problemas que não estão no controle do lojista.
  • Confusão no estoque – no caso de trabalhar um fornecedor pouco organizado, é possível realizar vendas de produtos que não tem mais em estoque, ou estarem com informações desalinhadas entre si. 

Você precisa saber em qual ramo quer atuar, por que escolheu ele, analisar se o seu produto tem relevância para o público e então criar a sua loja virtual (acesse nossa matéria sobre como criar um e-commerce do zero).

Pesquise quais artigos as pessoas mais estão procurando e consumindo por meio do Google Trends.

Após criar toda a loja virtual, definir os tipos de produtos, o nome, o domínio, é a hora de ir para o passo número dois.

2. Defina com quais fornecedores você irá trabalhar

Essa é uma das decisões mais importantes do seu negócio. Fica mais fácil encontrar um fornecedor quando você já sabe exatamente o que quer vender.

Você deve pesquisar na fábrica de cada produto se há uma lista de fornecedores, importadores, distribuidores exclusivos.

Faça uma análise da lista e contate os fornecedores.

Entre em grupos e fóruns online do ramo, assista feiras, inscreva-se em publicações comerciais da sua área, busque conteúdo e depoimentos na internet.

Verifique também os maiores canais B2B (empresa-para-empresa). Falaremos deles no próximo tópico.

3. Fornecedores de dropshipping nacionais e internacionais

Nacionais 

Existem vantagens e desvantagens entre vendedores nacionais e internacionais, e em como fazer dropshipping com cada um deles. Estude com atenção as possibilidades e veja o que mais se encaixa no seu tipo de negócio.

4. Evite fraudes

Pode parecer difícil distinguir um fornecedor sério de um golpista. Mas alguns sinais auxiliam nesse momento. Perceba:

  • Taxas mensais ou de adesão: o fornecedor cobra taxas? Alguns fornecedores sérios cobram valores mensais para suprir necessidades relevantes. Outros apenas querem seu dinheiro. Faça essa pesquisa e diferencie as intenções do fornecedor.
  • Só aceitar pagamento por transferência bancária: fornecedores sérios aceitam pagamentos com formatos seguros como cartões de crédito, débito e boleto bancário. Se o fornecedor só aceitar transferência bancária, desconfie.
  • Muita reclamação na internet: faça uma pesquisa profunda antes de contratar seu fornecedor. Se tiver muitos casos de reclamação, opte por outro com boa reputação. Saiba diferenciar as críticas que as pessoas estão fazendo. Todas as empresas têm reclamações, mas algumas podem afetar sua escolha mais do que outras.
  • Verifique a quanto tempo existe o domínio: Um domínio jovem indica um novo negócio. Logo, pode ser uma fraude. A maioria dos fornecedores consolidados estão no mercado há algum tempo.
  • Entre em contato: você ligou para o número que estava no site e o telefone não funciona? O e-mail usa servidores como “Gmail/ Hotmail”? Se sim, há grandes chances de não ser um negócio sério. Grandes empresas confiáveis costumam usar e-mails com domínio personalizado. 
  • Contate diretamente as marcas que eles vendem: como falamos anteriormente, marcas costumam ter uma lista oficial de fornecedores. Você pode verificar se a empresa está dentro da lista das marcas.
  • Comece com pedidos pequenos: comece escolhendo poucos produtos para vender, como forma de teste. Se der certo você pode expandir essa gama, cautelosamente.

5. Impostos

Essa questão irá variar conforme o fornecedor – se é internacional ou nacional. Também se o lojista está vendendo como pessoa física ou jurídica.

  • É necessário observar os limites legais para movimentação financeira e o recolhimento de impostos.
  • Prefira não trabalhar com mercadorias que possam ser retidas pelas autoridades. Faça sempre um contrato formal e detalhado com o fornecedor.
  • Se o fornecedor for internacional, atente-se às possíveis taxas adicionais que podem ser cobradas na alfândega quando o produto chegar no Brasil.

6. Dicas gerais para ter sucesso no dropshipping

  • Não dependa de só um fornecedor e mantenha contato com vários;
  • Existem fornecedores que oferecem integração direta com seu site, verifique possibilidades;
  • Opte por empresas que tenham comunicação rápida e clara;
  • Prefira fornecedores que trabalham com formas fáceis de fazer pedidos (via e-mail, por exemplo);
  • Invista em marketing digital para seu negócio crescer;

Dropshipping em franquias online

Você já ouviu falar em franquias online? Como o nome já diz, são franquias que funcionam exatamente como uma física, mas em ambiente virtual. Têm formato de e-commerce, em que o franqueado pode usufruir dos benefícios da marca, fama e know-how e vender para todo o Brasil, trabalhando de casa ou de onde quiser.

Esse formato de franquia também trabalha com “dropshipping”. Funciona da seguinte maneira: o franqueado tem seu site com todos os produtos cadastrados e vende para todo o Brasil, mas quem detém o estoque e realiza a entrega dos pedidos aos clientes finais é a central de cada grupo.

Esse sistema é revolucionário no Brasil e tem atraído pessoas de todos os estados, justamente pela facilidade, confiança e lucratividade que o sistema oferece.

Como funciona uma franquia online

As Franquias do Futuro

O grupo Franquias do Futuro é uma startup criada em Curitiba (PR), especialista em franquias online. Trabalham com um modelo inovador de franquias online, de baixo custo inicial, onde cada franqueado não precisa investir em estoque ou realizar a entrega dos pedidos aos clientes finais, pois a central de cada franquia do grupo cuida de tudo isso para cada franqueado.

Em seu catálogo apresentam franquias de maquiagem, cosméticos, produtos fitness, joias e outros.

Cada novo franqueado escolhe qual ramo mais se identifica e investindo a partir de R$ 9 mil, tem seu próprio negócio, sem burocracias e com praticidade.

Maiores franquias online brasileiras que oferecem o sistema de dropshipping

  1. Brasil Nutri Shop

Com sede na cidade de Curitiba (PR), a Brasil Nutri Shop é a maior rede de franquias no setor de suplementos alimentares e produtos fitness da América latina. Teve início em 2016 com a venda de suplementos alimentares por meio de e-commerce. Com o grande sucesso de vendas e do modelo implantado, iniciou em 2017 o sistema de franquias e em menos de 1 ano, a rede já contava com mais de 200 franqueados.

  1. Orgânica  

Nascida em 1989, a Orgânica é pioneira em transformar a natureza em produtos de higiene e beleza, protegendo o meio ambiente com ações sustentáveis e preservando o futuro do planeta.Com o grande sucesso da linha de produtos da Orgânica e o modelo de negócio criado, foi lançado o modelo de franquia online para pessoas que querem trabalhar com um produto inovador e sustentável sem a necessidade de ter um estoque físico.

  1. Mazze

A Mazze é uma franquia de joias contemporâneas. Com sede na cidade de Curitiba (PR), atua no mercado desde 2013. Em 2019, com o sucesso do modelo de negócio e da grande procura pelo seu produto entre os consumidores, a Mazze criou o modelo de franquia online de joias, que já conta com mais de 300 unidades e por todo o país. 

  1. Bellaza

A Bellaza foi criada em 2018 na cidade de Curitiba (PR) e hoje tem uma rede de mais de 200 franqueadas pelo Brasil. Apresenta um modelo de negócio de vendas online de produtos de beleza com foco em maquiagem. É uma opção de baixo investimento inicial e excelentes retornos para quem busca complementar a renda ou até como negócio principal. 

Vantagens da Franquia Online em relação ao Dropshipping

  • A matriz e o estoque de cada franquia são localizados no Brasil, o que torna o contato fácil, prático e seguro;
  • O imposto cobrado pelas franquias é de apenas 15% em cima do custo do produto vendido pelo franqueado, valor muito abaixo ao comparar com o dropshipping convencional;
  • Cada franqueado recebe um site já pronto, personalizado e com todos os produtos cadastrados, prontos para a venda;
  • A taxa mensal da franquia é de apenas R$ 39 (relativo ao mantimento do site);
  • O franqueado conta com suporte contínuo da equipe de especialista em marketing, vendas e gerenciamento do negócio durante todo o período de contrato;
  • Não é preciso ter CNPJ ou experiência em empreender;
  • Custa apenas R$ 9 mil para o franqueado receber a sua própria loja virtual pronta, com produtos inclusos, usufruir do estoque e do serviço de entrega dos produtos aos clientes;
  • Todos os meses os franqueados recebem o lucro das vendas realizadas;
  • É possível lucrar em média de R$ 10 mil por mês trabalhando em torno de 2 horas por dia.

Para saber mais sobre franquias online preencha o formulário e um consultor do Franquias do Futuro entrará em contato com você. Tenha seu próprio negócio de maneira flexível, prática, investindo pouco e realizando vendas a nível nacional!

3 Comments

3 Comments

  1. Pingback: Pequenos negócios lucrativos: ideias online que nunca te contaram - As Franquias do Futuro

  2. Pingback: FDF: Perguntas Frequentes - As Franquias do Futuro

  3. Pingback: Dia da mulher: empreendedorismo feminino - As Franquias do Futuro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts

E-book gratuito

ebook-como-ter-um-ecommerce

Principais assuntos

Franquias do Futuro. R. Bartolomeu Lourenço de Gusmão, 2199 - Curitiba/PR. Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.