Connect with us

Empreendedorismo

7 dicas financeiras para montar um negócio

Confira as principais dicas financeiras para quem quer montar um negócio do zero e ter sucesso.

Como gerenciar o dinheiro para montar um negócio?! Cuidar do financeiro de uma empresa começa antes mesmo dela existir. Vamos falar aqui sobre alguns hábitos comuns para te ajudar a conquistar sucesso na administração do financeiro de sua empresa!

1. Capital de giro para montar um negócio

Saber o que é capital de giro e calcular corretamente é fundamental para o sucesso de quem acabou de montar um negócio.

Junto com a abertura de uma empresa surgem as contas fixas, aluguel, pagamento de produtos, funcionários, materiais, etc. Um empresário se depara com as mais diferentes despesas. E, por isso, ele precisa estar preparado financeiramente para supri-las.

Engana-se quem pensa que é correto pagar essas despesas com os primeiros dinheiros que entram na loja. Uma empresa que começa dessa forma pode deparar-se com grandes problemas financeiros. O ideal é o empresário ter um capital de giro. Ou seja, um valor reservado para suprir todas as contas da empresa por vários meses sem depender do dinheiro que entra no negócio.

O capital de giro garante a saúde financeira da empresa. Então, antes de empreender, certifique-se que tem uma quantia reservada para pagar os suprimentos dos primeiros meses de vida do novo empreendimento.

2. Anotar os gastos do dia a dia

Capital de giro em mãos e empresa aberta.

Um outro passo importante é, na verdade, um hábito que empreendedores devem ter para alcançar uma vida financeira saudável: anotar o que gasta, independente se tem renda mensal alta ou baixa.

Por que é tão necessário? Porque dessa forma é possível ter o controle de onde o dinheiro foi gasto. Recomendamos separar por categorias, como: fornecedores, funcionários, aluguel, contas básicas, etc. 

É possível fazer esse controle manualmente ou por meio de aplicativos ou planilhas online. Não importa tanto o método, o que importa é fazer!

3. Ter metas e buscar alcançá-las

Estipule metas financeiras. Essa é uma regra muito importante ao montar um negócio. Funcionários de uma empresa, normalmente, têm metas a seguir. Por que não, como empreendedor, criar suas próprias metas e desafios?

Lembre-se de colocar metas reais, possíveis de atingir. 

Uma dica é quebrá-las em períodos menores. Por exemplo: em semanas e, depois, em dias. Se a meta é vender R$5mil por mês, pode ser segmentado em R$1.250 por semana ou, ainda, R$179 por dia.

O psicológico humano é algo incrível! E, nesse caso, as metas são barreiras que o seu cérebro vai procurar quebrar. Sendo assim, para não parecer algo tão alto, que lhe pareça intransponível, faça essa divisão. Seu inconsciente vai encarar como algo mais fácil de conseguir e vai comemorar uma vitória por dia.

4. Reinvestir parte dos ganhos na empresa

Ao montar um negócio, no início, não se sabe quanto será o faturamento exato e o quanto de dinheiro terá para reinvestir em sua empresa.  O investimento constante é necessário, seja em forma de divulgação, adquirindo novas mercadorias, reformulando ou fazendo novas aplicações.

O bom gerenciador financeiro não gasta tudo que ganha em outras atividades. Ele concilia interesses da empresa com gastos externos.

5. Dinheiro pessoal e dinheiro da empresa

É recomendado ter conta bancária pessoal e da empresa separadamente. Isso ajuda a controlar o fluxo de caixa e não misturar as coisas.

Ao montar uma empresa é necessário entender que o dinheiro da empresa não pode ser utilizado para outros fins, exatamente porque, como dito anteriormente, ainda não se sabe o quanto ela vai faturar.

E mesmo depois de tempo, o ideal é sempre manter essa divisão, pois possibilita, além de um melhor controle, uma melhor visualização dos resultados obtidos.

Depois de um tempo, o empreendedor conseguirá prever um valor para sua retirada: o pró-labore, um salário pelo trabalho desenvolvido.

6. Cuidado com crédito fácil

Uma cilada comum para quem acaba de montar um negócio é pegar um crédito que apareceu de forma muito fácil.

Pesquisar é a palavra de ordem quando é necessário crédito para dar seguimento ou mesmo iniciar o seu negócio. Nem tudo que se apresenta de forma facilitada é conveniente.

A dica dos especialistas é, antes de tomar algum dinheiro emprestado, analise todas as possibilidades que aparecerem. Se mesmo assim isso for necessário, pesquise muito e negocie. Não tema em pedir descontos, negociar taxas e prazos e, principalmente, de saber todos os detalhes da operação.

7. Precificar produtos e/ou serviços da forma correta

É preciso precificar seu produto ou serviço da forma correta para ter certeza de que não está “pagando para trabalhar”. Leve em consideração todos os fatores que compõem o seu produto final.  

É importante também pesquisar o mercado, analisar quanto e como os consumidores estão dispostos a pagar. Não esqueça seus diferenciais, são eles que possibilitam cobrar o valor justo pelo que você vende.

Lembre-se que preço é diferente de valor. O preço é o que se paga por um produto ou serviço enquanto o valor é o benefício proporcionado. É a união perfeita dos dois que resulta na fórmula ideal.

Você pode ter um negócio próprio, uma franquia online, uma loja física ou vender um serviço. Não importa. O controle financeiro correto auxilia no sucesso de seu comércio seja qual for sua atividade!

Para saber mais sobre franquias digitais, preencha o formulário e um consultor do Franquias do Futuro entrará em contato com você. Tenha seu próprio negócio de maneira flexível, prática, investindo pouco e realizando vendas a nível nacional.

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Como fazer a empresa crescer com parcerias - As Franquias do Futuro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts

E-book gratuito

ebook-como-ter-um-ecommerce

Principais assuntos

Franquias do Futuro. R. Bartolomeu Lourenço de Gusmão, 2199 - Curitiba/PR. Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.