Connect with us

Franquias

Como abrir uma franquia

Quer saber como abrir uma franquia? Então você está no lugar certo! Iremos te explicar tudo o que você precisa para abrir seu próprio negócio.

Tipos de Franquia

Existem diferentes tipos de franquias: franquia unitária, franquia master, franquia de desenvolvimento de área . De maneira generalizada, podemos dizer que existem as franquias físicas – aquelas que vemos em shoppings e nas ruas, as microfranquias – que são quiosques ou franquias de pequeno porte e as franquias online, que funcionam de forma 100% virtual, como um e-commerce.

Para qualquer um desses tipos, o processo de aquisição é basicamente o mesmo. Confira agora os primeiros passos de como abrir uma franquia!

1-Definir o segmento que deseja e estudar o setor

Qual é o setor que você tem interesse? Como está o setor no mercado brasileiro? Quais as tendências para o setor? Como está a concorrência? Quais são os canais de venda? Como é o comportamento do consumidor nesse setor?

Essas são algumas das perguntas fundamentais para você entender melhor o setor. Além disso, é importante você ter afinidade com o setor que escolher.

2- Listar as franqueadoras do setor

Após definir o setor que quer atuar, faça uma extensa pesquisa sobre todas as franqueadoras que atuam nesse setor. Existem dezenas de sites, como o Guia Franquias de Sucesso, Sua Franquia e ABF que divulgam diversas franqueadoras. Faça uma planilha com todas as franquias encontradas, analise os prós e contras e escolha a finalista.

É importante juntar o máximo de informações possível para ter total segurança de como abrir a sua franquia e como fazê-la funcionar perfeitamente.

3- Conheça a reputação da marca

Conhecer o histórico do franqueador e a reputação da marca é de extrema importância. Faça inúmeras pesquisas na internet para ver as publicações sobre a empresa que você tem interesse em investir.

Existem sites especializados nesse tipo de informação, além disso, as avaliações do Google são um bom termômetro da marca. Leve em consideração as avaliações, as respostas da empresa e tudo mais.

Não esqueça de pesquisar o CNPJ da empresa, são informações preciosas ali.

4- Conversar com algum franqueado

É interessante conversar com algum franqueado do grupo de interesse para saber como é o dia a dia na prática. Quais são as reais atividades, gastos, processos, lucros, e tudo mais que quiser saber!

Falar com quem já está no mercado traz uma visão muito interessante de como abrir uma franquia e quais as etapas seguintes.

5- Entender os indicadores de negócio

Taxa de franquia, taxa de publicidade, royalties, Payback, ROI, faturamento médio mensal, capital de giro, margem de lucro. Esses são alguns indicadores que você deve ter na ponta da língua para definir a melhor empresa para colocar o seu dinheiro.

6- Entender como será o suporte e treinamento

Há muitos benefícios de se ter uma franquia em vez de construir um negócio do zero, como por exemplo força da marca, modelo de negócio consolidado e suporte e treinamento oferecido pela franqueadora. Dê bastante atenção para esse último item, pois acima de tudo você será um parceiro de negócio ou quase sócio da franqueadora e esta precisa realmente dar um suporte e treinamento de qualidade para que você se desenvolva e tenha ótimos resultados.

7- Conhecer a lei de franquias

Antes de tomar qualquer decisão, é preciso conhecer a lei de franquias que rege o setor. Entender as etapas do negócio, a parte burocrática, direitos e deveres do franqueado e outros critérios importantes para você poder dar continuidade com a pesquisa de forma mais segura. 

Existem diversos conteúdos oficiais na internet sobre e também a Associação Brasileira de Franchising para dar apoio (ABF).

8- Entrar em contato com a franqueadora

Ao definir o ramo e a empresa que deseja adquirir, é a hora de entrar em contato com a franqueadora. Com uma rápida busca no Google é possível encontrar o contato para ligar ou um formulário para os interessados na franquia preencherem.

Feito o contato, a empresa deve fornecer a Circular de Oferta de Franquia (COF) para o candidato estudar.

Após isso são feitas reuniões, o perfil do candidato é analisado e, caso tudo seja aprovado, como o perfil do franqueado e o local escolhido, o contrato pode ser assinado e a compra realizada!

9-Analisar o contrato com cautela

Peça sempre o contrato da franqueadora para analisar todas as cláusulas com muito cuidado. Entenda bem o que será oferecido, quais serão os papéis e responsabilidades do franqueado, da franqueadora e os riscos do negócio.

Para abrir uma franquia de modo seguro, tudo o que foi acordado e oferecido deve estar descrito em documentos oficiais.

10- Saber os diferenciais que a franqueadora oferece

Depois de conhecer tudo sobre a marca, questione-se sobre os diferenciais que ela apresenta frente às outras. Quais os benefícios você terá com esse diferencial? 

Lembre-se que essas informações podem fazer a diferença para o sucesso da sua franquia.

11-Fazer uma matriz de decisão

Finalmente, consolide todas as informações que você obteve dos itens anteriores em uma planilha. Ao final, classifique cada item de 0 a 10 e avalie a nota final de cada franqueadora para fazer a sua escolha.

12- Adquirindo a franquia

Finalmente: como abrir uma franquia de fato!

Como dito no item 8, quando os dois lados estiverem de acordo: franqueadora e franqueada, o processo poderá ir adiante e a venda/compra poderá ser realizada!

A partir daí, o franqueado deverá seguir o contrato que teve com a franqueadora, aplicando os processos, ensinamentos, normas e padrões impostos por ela!

13 – Relação franqueador e franqueado

Após adquirir a franquia, como será a relação entre franqueador e franqueado? Já se perguntou isso? Pois bem, quando uma empresa resolve expandir e vende uma unidade para outra pessoa, esse processo acaba sendo uma via de mão dupla, onde os dois ganham. Logo, o sucesso do franqueado é também parte do sucesso da franqueadora. 

Para entender todos os detalhes dessa relação clique aqui.

Abrindo uma franquia online

Para adquirir uma franquia online, o processo é basicamente o mesmo de uma franquia física, como dito no início do texto. Alguns dos diferenciais desse sistema são:

  • Baixo investimento;
  • Não precisa ter CNPJ;
  • Agilidade na abertura (30 dias, em média);
  • E-commerce como canal de vendas;
  • Sem necessidade de investimento em estoque;
  • Logística de entrega feita pela marca franqueadora;
  • Suporte constante;
  • Trabalho de casa e com poucas horas de dedicação;
  • Escalabilidade (possibilidade de crescimento ilimitado em todo território nacional).

O grupo Franquias do Futuro é uma empresa de Curitiba (PR) especializada em franquias online, de baixo investimento inicial e que proporciona lucro todos os meses.

São diversos segmentos de franquia online para escolher: fitness, beleza, moda, produtos naturais, infantil, etc.

Você pode ter sua franquia online para complementar a renda ou como negócio principal.

O processo para aquisição é prático e, após fechar o contrato, você terá seu próprio negócio em aproximadamente 30 dias.

Para saber mais sobre franquias digitais, preencha o formulário e um consultor do Franquias do Futuro entrará em contato com você. Tenha seu próprio negócio de maneira flexível, prática, investindo pouco e realizando vendas a nível nacional.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts

E-book gratuito

ebook-como-ter-um-ecommerce

Principais assuntos

Franquias do Futuro. R. Bartolomeu Lourenço de Gusmão, 2199 - Curitiba/PR. Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.